Cacos do Acaso...

terça-feira, dezembro 08, 2009 5 comentários



E o vaso de cristal continuava no mesmo lugar, em cima da estante. Brilhando como sempre, vazio como sempre. Foi comprado pela família pois acharam bonito e que seria uma bela peça de decoração para a sala.

Com o passar do tempo e a falta de cuidado, tanto da empregada como dos mebros da família, o vaso começou a ficar empoeirado e perder o brilho. Um dia o casal chegou em casa tarde e havia acabado a energia do bairro. A mulher que iá até o quarto esbarrou na estante, derrubando o vaso, que caiu no tapete. Ela pegou o vaso e colocou no lugar sem perceber que estava trincado na parte inferior.

Algum tempo depois a empregada descuidada resolveu tirar o pó dos móveis e acabou dixando o vaso cair novamente. Um pequeno cao se soltou. A empregada com medo de ser advertida pelos patrões comprou um tubo de "cola-tudo" e arrumou a peça.

E o vaso permanecia no mesmo lugar, agora sujo e vazio. Em um dia não especial, o casal que discutia no quarto perdeu a razão e partiram para ataques verbais. Dos ataques verbais para pequenas agressões e por fim a mulher começou a jogar objetos no marido, que tentava se defender. A essa altura já estavam na sala e almofadas não foram suficientes. A mulher pegou o vaso de cristal e atirou contra o marido que conseguiu segurar antes que se atingisse a parede. A briga acabou, o dia terminou.

Alguns dias depois, durante o café da manhã a mulher percebeu que faltava um pedaço do vaso e foi até a estante para observar mais de perto, ao tocar no vaso, este se partiu em diversos pedaços. Ela recolheu o cacos e jogou no lixo da cozinha. O marido perguntou o que havia acontecido e ela apenas respondeu que um vaso velho havia se quebrado, mas que compraria outro no shopping.

5 comentários:

  • Lasombra Ribeiro disse...

    "Existem objetos que são feitos para durar, outros não. Mas nada dura pra sempre se não houver zelo e cuidado. Um arranhão aqui, outro ali e de repente tudo se parte sem possibilidade de reparação. E nós achamos que acabam ou quebram somente porque o tempo passou ou envelheceu. Sem cuidado, mesmo aquilo feito para durar muito tempo pode quebrar muito antes do prazo."

  • May disse...

    Cacos do acaso, casos de descaso. O acaso trouxe o vaso, o descaso o deixou de lado. Quedas, rachaduras, arremesso, e chega-se aos cacos. O vaso pessoas sonhos sentimentos aos cacos.

Postar um comentário

Followers

 

©Copyright 2011 Sinestesia Cultural | TNB