No Caminho, com Maiakóvski

sexta-feira, outubro 29, 2010 3 comentários

3 comentários:

  • Cacá disse...

    Quando eu iniciei a minha mmilitância no movimento estudantil, esse poema , mais o O Analfabeto Político, do Brecht, eram uma espécie de senha de acesso ao movimento. rsrs. Abraços, Lisa! paz e bem.

  • Marli Borges disse...

    Esse poema foi uma bandeira para minha turma no colégio. Nos grêmios estudantis. No tempo que a gente acreditava que nosso voto poderia modificar alguma coisa...
    Bjsss

  • Cássio Amaral disse...

    a bala abala
    o abalado
    o abalido
    o combalido
    ..................................................................................................................................................................

    Balalaika sempre!!!!

    Abração.

Postar um comentário

Followers

 

©Copyright 2011 Sinestesia Cultural | TNB